BRASIL E UCRÂNIA

Lições do Leste Europeu no enfrentamento à gripe suína

Com o fim do inverno os casos de gripe diminuem, o que inclui a mais nova gripe que deu as caras, a Gripe Suína, ou influenza A (H1N1), para os mais sofisticados. Os brasileiros sobreviventes suspiram aliviados, não é para menos, no nosso país o novo vírus apresentou a maior taxa de letalidade do mundo. Exato, em nenhum lugar do globo morreram tantas pessoas infectadas como no Brasil, isso inclui nações mais pobres, como a Argentina, Venezuela e Bolívia, só para ficarmos pelas Américas.

Ficamos a nos perguntar: o vírus ficou mais forte no Brasil? Ou será que esses números indicam que o governo brasileiro foi incompetente no combate a nova variação do influenza? Eu fico com a segunda opção, e que bom que posso ficar, já que pelo menos 899 brasileiros sucumbiram, isso segundo os dados oficiais, os números devem ser mais alarmantes. Mas como no Brasil sempre tudo está muito bem, sempre as iniciativas são suficientes, sempre a imprensa exagera nas estatísticas, o Ministro da Saúde continua a afirmar que não precisamos perder o sono por causa da gripe – a não ser que você esteja infectado, claro, deve ser difícil dormir doente e ainda ciente que você tem mais chances de morrer de gripe no Brasil do que na Colômbia. Bom, mas Temporão diz que devemos confiar no governo… você confia?

Enquanto nos EUA e na Europa as pessoas já começam a receber as doses da vacina contra a nova gripe, no Brasil a vacinação só começará no próximo ano. Na Turquia, o Premiê Recep Tayyip Erdogan se desentendeu com Recep Akdag, ministro da saúde, porque se recusou a tomar a vacina. Pelo menos, nesse caso, eles têm um motivo de disputa. Aqui no Brasil o Lula não perdeu as estribeiras com o Temporão, ambos concordam que a gripe não é lá muito preocupante.

Mas não é bem sobre isso que eu quero falar. Hoje, no meu giro diário pelas agências de notícias online, me chamou a atenção a postura do governo da Ucrânia diante da chegada da pandemia no país. Não se tem certeza acerca do número de mortos e infectados, mas até o momento o Ministério da Saúde ucraniano sugere que vinte pessoas já morreram, enquanto vinte mil estão doentes. Para conter o avanço da doença na capital Kiev, onde já está confirmada uma morte por causa da nova infecção, o prefeito Leonid Chernovetsky recomendou que a partida de futebol entre o Dínamo de Kiev e o Inter de Milão fosse realizada sem público. A UEFA achou exagero, os torcedores poderão assistir o jogo, mas todo mundo com máscara de proteção distribuída pelo time da casa. O presidente da Ucrânia, Viktor Yushchenko, já pediu ajuda aos EUA, à Rússia e à União Européia. Ele, humildemente, reconheceu que a Ucrânia não será capaz de combater sozinha a nova gripe.

Que lição, Yushchenko! Como eu gostaria que o Lula tivesse a sua postura e reconhecesse a inabilidade do governo brasileiro no combate a essa nova e perigosa doença. Será que se o Lula tivesse admitido que o governo estava falhando a taxa de letalidade seria tão alta no Brasil? Será que se ele tivesse privilegiado os brasileiros, em lugar de sua ambição em eleger seu sucessor nas próximas eleições, teríamos tantos mortos? Será que se ele tivesse a hombridade  de abandonar, pelo menos por um tempo, a falsa imagem do “Brasil imbatível” a fim de requisitar ajuda estrangeira para tentar salvar a vida de nosso compatriotas, teríamos menos famílias chorando a perda de seus entes queridos? Será? Não sei, mas ao contrário da UEFA, eu acho que nenhuma medida é exagerada quando se trata de evitar a morte de cidadãos, sejam eles ucranianos, sejam brasileiros.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Seus comentários são muito importantes! Deixe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: