Breviário da política brasileira – Parte 2: eleições municipais

Quem ainda acredita que as eleições municipais marcam o início de um debate sério sobre os rumos dos municípios brasileiros é um idealista. Nada contra idealistas, mas a política não funciona assim, especialmente a política torta do nosso país. Aqui as coisas são bastante pragmáticas, leia-se, funcionam bem para poucos interessados.

O Rio de Janeiro é um exemplo ótimo. A segunda maior cidade do país e futura sede dos jogos olímpicos (uhul!?!) há tempos tem sofrido nas mãos de prefeitos grotescos. César Maia, que por um bom tempo foi queridinho, fez obras escabrosas: desde a lambança que arrumou em Marechal Hermes onde destruiu uma linda pracinha e seu coreto, até a Cidade da Música, um elefante branco que custou caro, muito caro para os cofres públicos e que recebe uma platéia mais entomológica do que sapiens. São apenas dois exemplos, esse menu amargo é bem conhecido pelos cariocas.

Agora o ex-prefeito maluquinho se enfiou numa aliança tão bizarra quanto flamenguista torcendo pelo Vasco: aliou-se ao velho desafeto, Antony Garotinho, que em termos de obras dantescas não deixa devendo à Maia! Vide o Piscinão de Ramos, paraíso de coliformes fecais à beira de uma “praia” que mais parece uma latrina. E desse quid pro quo sairá a chapa de oposição ao não menos esperto Eduardo Paes.

Essa é a política brasileira, promovendo a paz de sua douta classe… que bom seria se isso beneficiasse o Rio de Janeiro, nunca foi o caso. De guerra os cariocas entendem bem, desde o berço. 

Love will tear us apart

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Seus comentários são muito importantes! Deixe sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: